Livros

1984 – A obra prima de George Orwell

O clássico livro escrito por George Orwell em 1948 continua atual e muito conectado com a realidade em que vivemos. E não é por causa do milionário BBB, que pinta nas telinhas anualmente há pouco mais de vinte anos. 1984 é um livro que nos apresenta uma realidade distópica, não tão distante, que nos mostra, de maneira clara e detalhada, o funcionamento das engrenagens do poder.

O livro se inicia com a seguinte afirmação: “quem controla o passado, controla o futuro. quem controla o presente, controla o passado“. Uma síntese quase perfeita das relações de poder e manipulação que no livro é realizada pelo Ministério da Verdade (MV), um órgão que filtra e manipula todas as informações recebidas e divulgadas para a sociedade de Oceânia. Com televisores espalhados em cada canto do pais, a única emissora existente transmite as informações lá de fora, da guerra contra a Lestásia e Eurásia. Que não se sabem se de fato existem. Afinal, ninguém entra ou sai de Oceânia. Tampouco recebem conteúdo que não seja filtrado pelo MV.

O livro tem outros pontos interessantes, porém algo que merece destaque e é muito utilizada na comunicação política atual é o duplipensar: aceitar como corretas duas opiniões contraditórias, ao mesmo tempo. Engraçado, não?! Nas palavras do próprio Orwell, é algo como …”repudiar a moralidade e apropriar-se dela…“.

Sua leitura é recomendada. Mas se quiser, pode assistir ao filme, que é a melhor adaptação para o cinema pela fidelidade ao texto e por não cortarem um acontecimento sequer.

É impossível ver a realidade exceto pelos olhos do Partido” – 1984.

Livro: 1984;
Autor: George Orwell;
Editora: Compahia das Letras;
Páginas: 408;
Ano de Publicação: 1948 | Minha edição: 2019.

Glauber Coutinho

Glauber Coutinho, além da música e literatura, aprecia bons queijos e cafés das montanhas de Minas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *