Livros

Rita Lee: uma outra biografia

“… Quando digo que me dei conta de estar velha, não falo apenas da aparência, mas principalmente da existência em si… vencer um câncer exige foco, coragem e fé, se tiver bom humor, melhor ainda…”

Esse trecho exemplifica o tom de todo o livro. Nessa “outra autobiografia”, já no prefácio é dito que a autobiografia de 2016 era uma despedida da persona Rita Lee dos palcos, já que tinha se aposentado dos shows e que mais nada iria acontecer na vida dela. Mas copiando um trecho do prefácio ela diz: “Mas é aquela velha história: enquanto a gente faz planos e acha que sabe de alguma coisa, Deus dá uma risadinha sarcástica”

Quem leu a primeira biografia da Rita vai se sentir familiarizado ao ler esse livro. Se você engatar uma leitura na outra, pode ser que nem perceba que são dois livros diferentes, não que isso seja ruim, pelo contrário.Com capítulos curtos e diretos Rita, e às vezes o Phantom (presente também no primeiro livro), expõe momentos íntimos de uma pessoa debilitada por uma doença cruel, mas que ainda tem uma vontade incrível de viver com sarcasmo delicioso, sendo direta e sem rodeios.

E como esperado, temos relatos do tratamento em detalhes, de todos os passos importantes que ela enfrentou. É de se impressionar como uma mulher tão frágil conseguiu, em termos, superar essa doença maldita e todo o sofrimento envolvido nessa fase da vida.

É um livro rápido de se ler, de se deleitar com a mente a 1000 por hora da Rita, passando o recado que uma pessoa com câncer não deve se entregar e sim lutar com todas as forças. Sem esconder os momentos difíceis, Rita descreve com naturalidade e com certa leveza sobre um tema pesado.

“Pra quê fazer tanta cara de enterro quando deveríamos tratar dela (a morte) com humor? Desta vida não escaparemos com vida”.

#RitaVive

Julio Cesar Mauro

Julio Mauro é um nerd, pai de duas meninas, chato e com TDA. Músico frustrado, 26 anos trabalhando na área de TI, conhecido pelas suas tiradas ácidas e seu mau-humor que nem todos gostam. Já foi co-host do programa Gazeta Games na Rádio Gazeta de Sao Paulo e tem como uma das suas maiores paixões a boa música.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *